Obras em Andamento

Capela Divino Espírito Santo da Comunidade Católica da Vila de Urucurituba - Prelazia de Borba - Paróquia São Joaquim e Sant'Ana.


Início do apoio: 26/02/2018 A Capela Divino Espírito Santo da Comunidade Católica da Vila de Urucurituba é muito antiga, sendo o cartão postal da comunidade. Entretanto, não tem espaço suficiente para acomodar os fiéis. Por ser uma comunidade ribeirinha, com várias crenças religiosas, há dificuldade em angariar fundos com promoções de quermesses dentro da comunidade. A arrecadação de recursos com doações e dízimo é pequena e seriam necessários muitos anos para o término da nova Capela. Dom Zenildo Luiz Pereira da Silva, Bispo Coadjutor da Prelazia de Borba, entrou em contato com a AASDA para solicitar apoio financeiro para andamento da obra.




Capela Nossa Senhora de Aparecida, Paróquia de São João Batista, Arquidiocese de Manaus, Iranduba, AM


Início do apoio: abril/2016 Atendendo a uma solicitação do Arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, iniciamos as obras para construção da Capela Nossa Senhora de Aparecida em abril de 2016. A Capela que está sendo construída pertence a Paróquia São João Batista, em Iranduba, município vizinho de Manaus, AM. A AASDA está apoiando essa construção, pois Dom Sérgio Castriani descreveu como uma região muito carente de recursos humanos e materiais.




Igreja de Santa Rita, diocese de Nossa Senhora de Livramento, Ibicoara, BA


Início do apoio: março/2014 A igreja Santa Rita estará localizada numa paróquia de vinte mil habitantes, e pretende atender a toda a diocese de Nossa Senhora de Livramento. O espaço físico da Igreja comportará cerca de 200 pessoas sentadas. A Igreja Santa Rita será o único local na região para celebração de missas e ficaraá, também, a serviço do clero para os encontros e retiros. O desenvolvimento agrícola e industrial que foi chegando na região resultou no aumento da população, acarretando problemas sociais como violência, aumento de gravidez na adolescência, desestrutura familiar, devastação do meio ambiente, falta de opção profissional para a juventude gerando o aumento do uso de drogas e álcool e perda da religiosidade. A construção da igreja possibilitará local para reuniões de formação da comunidade para tratar desses assuntos, informando e fortalecendo a comunidade. O desenho arquitetônico da Igreja Santa Rita foi inspirado na “Igreja de Rocca Porena”, na cidade de Cássia, na Itália. O pároco responsável é Pe. Jordélio Siles Ledo.




Capela Bom Jesus da Lapa e Santa Edwiges, Paróquia Nossa Senhora do Livramento, bairro Belém, Parnaguá, PI


Início do apoio: junho/2013 O apoio da AASDA se dará para a construção da Capela Bom Jesus da Lapa e Santa Edwiges, numa área rural de Paranaguá, no Piauí. O município de Parnaguá está situado no extremo sul do Estado do Piauí, a uma distância de 1.000 km de Teresina. Conta com uma população de aproximadamente 12.000 pessoas, distribuídas entre a zona urbana e rural, sendo esta formada por 20 localidades rurais, compostas por camponeses e agricultores familiares, carentes de formação política e de recursos financeiros. Parnaguá possui um dos mais baixos Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado do Piauí e da região Nordeste do Brasil. A Capela Bom Jesus da Lapa e Santa Edwiges pertence à Paróquia Nossa Senhora do Livramento. A população local é de, aproximadamente, 600 pessoas e possui dificuldades financeiras para desenvolver o seu trabalho pastoral. Por hora, não existe um local para que a comunidade se reúna e as atividades pastorais como catequese, Celebração da Palavra, Missas, enfim todas as atividades religiosas estão sendo desenvolvidas nas casas das famílias da localidade. A comunidade já possui o terreno que foi doado por uma alma generosa, porém os recursos são escassos para desenvolver um projeto. Com o auxílio da AASDA, a comunidade está empenhada e se reuniu em mutirão para o levantamento das paredes. O bingo de um garrote foi realizado com o objetivo de custear a mão de obra da primeira etapa da obra. Nos últimos meses, a comunidade vive período de luta contra a seca que tem atingido a população, ficando inviável promover atividades para arrecadar recursos, pois muitas famílias estão abrindo poços e em algumas regiões até comprando água.




Comunidade Frei Galvão (Santa Terezinha), Paróquia São Marcos, O Evangelista, Campinas, SP


Início do apoio: março/2013 O primeiro contato se deu pelo então pároco da Paróquia São Marcos, O Evangelista, Pe. Luiz Roberto Di Lascio. Ele conheceu a associação por meio do Jantar Italiano realizado pela AASDA, em dezembro de 2006. Sua solicitação à AASDA foi para a construção de uma igreja localizada no conjunto habitacional São Martin, cujo padroeiro era Santa Terezinha do Menino Jesus. Nesta época a AASDA ajudou com doações para estudo do terreno e também para implantação de um projeto inicial. Diante da inviabilidade do projeto, por questões jurídicas e geográficas, algum tempo depois a Paróquia adquiriu cinco terrenos localizados no Jardim Mirassol, próximo ao CDHU. Novamente padre Di Lascio, entrou em contato com a AASDA para dar continuidade ao projeto inicial. Foi então que o Pe. Marco Antonio Amstalden assumiu a Paróquia como administrador Paroquial. Nesse período as celebrações aconteciam na escola do CDHU. Em contato com a AASDA foi disponibilizado um projeto arquitetônico e projeto de cálculo estrutural elaborados por profissionais que doaram seus serviços. O projeto contemplava tanto o salão como a igreja. Por questões práticas, a obra foi iniciada pelo salão Paroquial. Posteriormente foi doado o piso do galpão com cobertura, onde se realizam as celebrações dominicais. Em março de 2017 o Pe. Antonio Rodrigues Alves assumiu a Paróquia como segundo pároco. Em conversa com Pe. Valentim solicitou novamente a ajuda da AASDA para dar continuidade na construção na comunidade Frei Galvão com novo projeto para igreja, utilizando-se da estrutura atual e mantendo o mesmo projeto do salão Paroquial. O novo projeto foi doado pelo engenheiro civil Geraldo Neto. O contato do Pe. Antonio com a AASDA foi em dois momentos. O primeiro foi a solicitação para o fechamento do espaço que é usado para as celebrações, dando assim identidade de um templo religioso (igreja). O segundo foi a solicitação para a ampliação do mesmo e a cobertura, que prontamente foi atendida. O anseio da comunidade, considerando a necessidade, é que em breve possa realizar o fechamento do espaço com a colocação das portas e janelas, contanto com o apoio da AASDA e colaboração da comunidade. A comunidade rende graças a Deus por tudo que conquistou até agora e agradece a colaboração generosa dos associados da AASDA.




Igreja Nossa Senhora das Dores, Comunidade N. S. das Dores, Bairro Olho d'Água, Aracatu, BA


Início do apoio: janeiro/2013 Ao final de 2012, a ASSDA foi contatada para ajudar uma comunidade muito carente da Bahia. Na cidade de Aracatu. As pessoas se reuniam à sombra de uma árvore, pois não tinham local para tal. Pe. Hélio Guimarães Cândido, pároco responsável, teve muita dificuldade durante a construção, pela falta de água na região e pela dificuldade de se conseguir mão de obra: por conta da seca, as pessoas migram para outras cidades em busca de serviço. A obra coincidiu, também, com a migração temporária para a colheita do café: famílias inteiras deixam a região pelo período de três meses. Nesse período não há mão de obra. No retorno das famílias, o problema é a falta de água para dar andamento à construção. Por ser uma comunidade em formação, o processo é lento. Foi sugerida, pela AASDA, a construção de uma cisterna para ajudar no que diz respeito à falta de água.




Oficina de Costura Santa Rita de Cássia, Paróquia S. Tomás de Aquino – EsPCEx


Início do apoio: fevereiro/2006 Em meio aos trabalhos assistenciais da Capelania São Tomás de Aquino da EsPCEx, com as famílias e crianças de uma área extremamente carente do Jardim Eulina, em Campinas, SP, a voluntária Maria Inez Foz (in memoriam) percebeu a necessidade de ajudar aos bebês das jovens gestantes daquela região. Com ajuda de outra voluntária, a sra. Regina Helena Curado De Giorgio, iniciaram um trabalho com um grupo espírita que confeccionava enxovais para bebês. Pe. Valentim, ao ter conhecimento da iniciativa, criou a Pastoral da Costura São Tomás de Aquino. A sra. Alcy de Carvalho Coelho foi convidada para coordenar as atividades da Pastoral. Outras senhoras da comunidade juntaram-se a elas e no dia 12 de junho de 1997 nascia a Oficina de Costura Santa Rita de Cássia da Capelania São Tomás de Aquino da EsPCEx, com o objetivo de confeccionar roupas para os bebês das gestantes carentes da comunidade e dos bairros próximos. Com doações da comunidade e do dízimo Paroquial, doações de máquinas de costura, lãs, linhas, tecidos, tesouras e agulhas, 25 senhoras da comunidade começaram as atividades na Pastoral da Costura. Os kits de enxoval continham, na época, 18 peças e a proposta era aumentar uma peça a cada ano. No dia 26 de junho de 1997 houve a entrega do primeiro kit para Roseli de Jesus Alves, jovem assistida pela Pastoral do bairro Jardim Eulina, em Campinas, SP. Algumas regras foram estipuladas para se receber o kit enxoval:

  • a gestante precisa estar no sétimo mês de gravidez em diante
  • apresentar o RG e o cartão pré-natal da rede pública.
  • a gestante deve comparecer no salão Paroquial Irmã Margarida da Capelania São Tomás de Aquino da EsPCEx às quartas-feiras das 14h às 17h, na Av. Papa Pio XII nº 35.
No início, as voluntárias se reuniam no coro da Capela, sempre em clima descontraído e solidário. Atualmente, a Pastoral da Costura conta com uma sala reservada para desenvolver suas atividades, localizada na parte superior do salão Paroquial Irmã Margarida, anexa à Capelania São Tomás de Aquino na EsPCEx. Em 20 anos de atividades foram entregues 4.527 kits de enxoval, compostos por 30 peças, confeccionados por 35 senhoras voluntárias. A AASDA colabora com compra de material para confecção desses enxovais. Ao longo dos anos, muitas voluntárias se mudaram para outras cidades, muitas faleceram, outras precisaram interromper a atividade por conta de doenças, mas o trabalho da Oficina de Costura nunca foi interrompido, com a graça de Santa Rita de Cássia e bênçãos de Deus, continuando firme, em clima de alegria, caridade e solidariedade! Lema da Oficina de Costura: Nossas mãos trabalham! Nossas mentes descansam! Nossos corações se alegram!





CADASTRE-SE
LOCALIZAÇÃO

(19) 97132-2308

 

Rua Ministro Oscar Saraiva, 180, apto. 73, Jd. Paineiras

CEP 13092-342, Campinas, SP

CNPJ 09.419.071/0001-06

 

contato@aasda.org.br

© 2018 por AASDA todos os direitos reservados

Desenvolvido por